• Rafaela Jemmene

Uma leitura-perfomance ou construindo um lugar de acolhimento


Acolhimento - Ato ou efeito de acolher; acolhida, acolho, guarida. Abrigo pelo qual não se pede pagamento; agasalho, hospitalidade, pousada. Lugar onde se encontra amparo, proteção; refúgio.



No dia 29 de maio, eu lancei meu livro chamado Torpe, o que não teria acontecido, se eu não tivesse a consideração, a confiança, a escuta e o lugar de acolhimento que e eu, a Lara, a Mariana e a Sofia estamos construindo juntas como Criacionistas. Um lugar de processo de trabalho artístico sim, mas também um lugar de afeto.



O lançamento aconteceu com uma leitura-performance, realizada pelas Criacionistas, e para isso acontecer Lara, Mariana e Sofia, se comprometeram e se envolveram em/com o meu trabalho, e não desistiram até o lançamento acontecer, ensaiamos, discutimos as possibilidades de leitura, o trabalho anterior à performance, enfim o processo do trabalho, mas que evidencia a construção deste lugar de acolhimento e confiança. Obrigada Criacionistas!!



Não se vive em uma folha em um espaço neutro e branco; não se vive, não se morre, não se ama no retângulo de uma folha de papel. Vive-se, morre-se, ama-se em um espaço quadriculado, recortado, matizado, com zonas claras e sombras, diferenças de níveis, degraus de escada, vãos, relevos, regiões duras e outras quebradiças e porosas. (Michel Foucault)