• Lara Ovídio

Marcianas



Com muita alegria informamos que você está em Marte. Meu nome é Luana. Eu posso te ver sempre e em qualquer lugar então não se preocupe, estarei aqui com você para qualquer problema.






Primeira dança em marte




























Prints do prólogo de Cronicas Marcianas, Bradbury.














Primeiros registros de água em marte.































Aereal Images of Mars



The Girl Chewing Gum, John Smith






Em dezembro de 2020, eu e Paula Turmina percebemos que nossas pesquisas chegavam juntas a Marte. Paula estudando a colonização do planeta vermelho como reencenação do processo de expropriação das Américas. Eu tentando descobrir o que haveria depois da auto-extinção da espécie em prol da sobrevivência do capitalismo.

Nos chamou a atenção o nome dos veículos automotores de exploração: "hope", "perseverance", "curiosity". O que esses nomes falam sobre a humanidade? E, especialmente, sobre a Terra? Enviado dia 30 de julho de 2020, "perseverance" pousou em 2021 e pela primeira vez sons marcianos puderam ser captados, assim como mostras de solo estão sendo coletadas para serem transportadas à terra por uma missão futura. O vento de marte soa exatamente igual ao vento da terra. Todo o resto precisará ser artificialmente produzido.











MARS SOUNDS

https://mars.nasa.gov/mars2020/participate/sounds/?playlist=mars&item=rover-driving-filtered&type=mars#.YFz_Z2Iu3wM.link






Ballard





Marcianas é um trabalho colaborativo de Lara Ovídio e Paula Turmina. Feito para instagram, o trabalho ocupará nas próximas semanas a conta da Casa da Escada Colorida.