• Mariana do Vale

Diário de sintomas

Durante duas semanas, espero. Reviro meu corpo em

busca de sintomas e os escrevo. Uma e outra vez. Na

terceira vez, meu diário tem um cheiro insuportável de

sangue que também se vai com a espera.


Nesta folha em branco, o que se inscreve é o sangue.

Em Diário de Sintomas uso o tempo de espera entre a

terceira inseminação artificial e o resultado do exame de

gravidez para misturar algodão, sangue de minha última

menstruação e água.

























O cheiro de entranha é nauseante.

















Todos dão um passo atrás quando falo com que matéria faço o papel. Ninguém os toca. Apenas eu.














Diário de Sintomas

Objeto [3]

Algodão, sangue e água sobre placa de vidro

15cmx10cm

2019